Artigos

O que são mantras

3 de novembro de 2017

A palavra sânscrita mantra é formada pela junção da raiz man- “pensar” com o sufixo -tra, que indica instrumentalidade. Ou seja, um mantra é um instrumento utilizado para direcionar o pensamento, daí sua importância na prática de meditação. Essa mesma raiz man- também dá origem à palavra manas, mente, enquanto que outro significado de -tra é proteger ou libertar. Assim, mantra também pode ser entendido como um som capaz de proteger ou libertar a mente.[1] Alguém poderia se perguntar então, “mas libertar de quê?”.

A vibração sonora de um mantra visa produzir certos efeitos na consciência de quem o ouve, bem como no ambiente onde é entoado. Embora existam inúmeros mantras, cada um com seu propósito específico, pode-se dizer que em geral todos eles visam livrar a nossa mente de pensamentos desnecessários e de sentimentos negativos como a ansiedade, a lamentação, a ira, a inveja, etc. Em última análise, a meditação com mantras ajuda a remover as várias camadas de concepções errôneas que temos sobre nós mesmos, promovendo assim o autoconhecimento.

Mantras não são criações humanas, mas fórmulas sonoras recebidas internamente por grandes sábios absortos em meditação. Embora os mantras nem sempre apresentem um significado literal, eles sempre comunicam um sentido espiritual muitíssimo profundo. Aliás, devemos entender que mesmo mantras que podem ser traduzidos em ideias inteligíveis possuem ainda um significado mais sutil que vai além do nosso intelecto para tocar nosso coração.

Esse efeito transformador dos mantras deve-se ao seu refinado padrão vibracional. Embora sutil, o efeito dos mantras é profundo e real, atuando de dentro para fora em nossa personalidade. Como reconhecem estudiosos modernos, mantras são arranjos melódicos e rítmicos com precisão matemática e com efeitos observáveis na matéria. Aliás, inúmeros experimentos científicos confirmam a eficácia dessa ciência milenar que utiliza o poder do som e particularmente da voz humana como instrumento de cura física, psicológica e espiritual.[2]

Um dos nossos objetivos primários nesse projeto Caminhos do Dharma é apresentar essa ciência dos mantras, bem como oferecer orientação teórica e prática para quem deseja entoá-los. Esperamos que esse breve artigo sirva de incentivo para que cada vez mais pessoas pratiquem essa ciência espiritual e assim passem a vibrar em uma frequência cada vez mais elevada na medida em que suas consciências se harmonizam com a energia purificadora dos mantras.

Oṁ Tat Sat

[1] Uma definição etimológica de mantra é mananāt trayate iti mantraḥ – aquilo que liberta pela meditação é chamado mantra.

[2] Uma referência interessante sobre esse assunto é a obra do Dr. James D’Angelo (2005) The Healing Power of the Human Voice: Mantras, Chants, and Seed Sounds for Health and Harmony.

Posts Relacionados

Nenhum Comentário

Deixe seu Comentário